Search
  • Thiago Loretti

Carga máquina: um caso prático de aplicação do Solver

O presente texto tem por objetivo demonstrar a aplicabilidade do suplemento “Solver” do Microsoft Excel para otimização da distribuição da produção em uma máquina.

Antes de prosseguir, sugiro ao leitor verificar o método de cálculo de “carga-máquina” nesse link.


Ok, vamos lá! Suponhamos que determinada fábrica de componentes usinados tenha as seguintes demandas para atender em sua fresadora CNC para o mercado automotivo:

Item A: 100 peças

Item B: 120 peças

Item C: Produzir – no máximo – 400 peças. Esse é um item complementar aos demais, mas segundo o PCP, tem uma demanda muito variável. Estipulou-se no máximo 400 peças para não consumir aço inox em excesso.

Item D: 50 peças

Item E: 60 peças


Através de um estudo de cronoanálise, verificou-se que a carga máquina não seria utilizada completamente para atender essa demanda, ou seja, mesmo produzindo 100% do que foi programado, a máquina ainda ficaria ociosa.


Adotando-se que os itens produzidos acima da quantidade estipulada serão vendidos para o mercado de peças de reposição, convém ocupar toda a capacidade da fresadora com uma quantidade razoável de cada produto. Essa situação não seria válida se fossemos produzir apenas por produzir, ou estocar, pois sabemos que estoque e superprodução caracterizam perdas de produção.

A equipe de métodos e processos elaborou os estudos de cronoanálise e estipulou o tempo padrão de cada produto, sendo:

Item A: 0,28 min/pç

Item B: 0,33 min/pç

Item C: 0,15 min/pç

Item D: 0,7 min/pç

Item E: 0,32 min/pç

O turno de trabalho nessa fábrica é de 440 min.

Montando o esquema proposto no Excel, teremos:


No item 1 temos o campo para a equação do que seria a situação ótima, ou seja, a situação que cumpre com o objetivo que traçamos que, nesse caso, é utilizar a capacidade total da fresadora CNC.

Vejamos qual seria a equação na célula mesclada C2 (em azul):






Ou seja, o tempo padrão vezes a demanda de produção otimizada. Essa equação nos retornará por item, o tempo que será consumido. O tempo padrão é obtido através de cronoanálise.

Abaixo, no item 2, temos a capacidade do turno de trabalho, que é de 440 minutos.

Temos da linha 7 à linha 11 as demandas dos tens A, B, C, D e E, além do tempo padrão de cada item (TP) e, em verde, as células variáveis na qual esperamos que o Solver nos retorne quais seriam as quant



idades otimizadas. Note que não há nenhum dado preenchido nas células em verde.

Nos itens 8 a 14, temos as condições/ restrições que devem ser respeitadas.

Vamos lembrar quais eram as condições:

“Item A: 100 peças

Item B: 120 peças

Item C: Produzir – no máximo – 400 peças. Esse é um item complementar aos demais, mas segundo o PCP, tem uma demanda muito variável. Estipulou-se no máximo 400 peças para não consumir aço inox em excesso.

Item D: 50 peças

Item E: 60 peças


Não se deve exceder 440 minutos, pois essa é a capacidade do turno sem horas extras”

Logo, cada célula de condição foi igualada à célula variável correspondente. Veja abaixo:


De modo destacado, vale lembrar que a condição da célula B20 foi atrelada ao resultado da situação otimizada, que é a completa utilização da capacidade em minutos, limitando-se à condição de não utilizar mais do que 440 minutos, que é a capacidade do turno.

Aplicando o Solver

Caso o Solver não esteja habilitado no seu Excel, primeiramente verifique aqui como habilitar esse suplemento.

1° Na guia “dados”, busque a ferramenta Solver.

2° o suplemento terá a seguinte aparência


3° defina o objetivo. No campo abaixo, busque a célula da condição otimizada, a qual, nesse exemplo, destaquei em azul.


Nesse exemplo, teve a seguinte referência:

4° defina as células onde as variáveis estarão. Nesse exemplo, utilizaremos as células em verde.

Nesse caso – em particular – ficou com a seguinte configuração:

5° defina as restrições. Nesse caso, utilizaremos as seguintes:


Faça isso clicando em “adicionar”. Na sequência, referencie as restrições (condições) conforme as escrevemos. Veja que o contorno em verde está igual ao contorno em vermelho.


Continue adicionando as restrições. Ficará com a seguinte aparência:


6° clique em resolver e, na sequência, mantenha a solução do Solver.


7° agora você pode conferir os resultados otimizados. Veja que os mesmos atendem todas as condições, como por exemplo, no item A deveríamos programar, no mínimo, 100 peças. O Solver atendeu a condição pois 231 > 100 peças. O Solver seguiu o mesmo preceito para todas as condições programadas e ocupou o tempo disponível de forma balanceada entre as demandas.




#solver #excel #cargamáquina #cronoanálise

  • White Facebook Icon
  • White Twitter Icon
  • White Instagram Icon

© 2023 by Austenite. Todos direitos reservados